29.11.09

Com granizo, e assim...

Este é o meu fato de neoprene.

Este é o rio Paiva.


Fomos felizes, hoje.

26.11.09

À noite, no Santiago Bernabeu, já estava com pior ar...

Se o Alfaiate Lisboeta estivesse ontem em Bilbau, eu com o meu fato às riscas, rigorosamente sem vincos, escutando com ar grave as explicações detalhadas que o anfitrião debitava sobre os trabalhos de Lloyd Wright expostos nas paredes do Guggenheim, sobretudo de cachemira pendurado na mão, de certeza que me tirava um retrato.

25.11.09

Só a mim...

... é que ninguém deixa um comentário a dizer "Tens um miminho no meu blog ;)".

22.11.09

Sermão da manhã

De acordo, o que as distingue de nós será o sexto sentido, nós somos inteligentes, elas também, nós somos extremamente sensuais, elas também, nós temos um fantástico sentido de humor e algumas delas, poucas, cada vez menos, também. Sobra então o sexto sentido, de acordo, o que falta explicar é que nem sempre o sexto sentido faz delas mulheres realmente extraordinárias, a questão é saber o que fazem elas com o sexto sentido, como o utilizam, como doseiam o sexto sentido sem descurar os outros, como se deixam guiar pelo feeling sem deixar de dar atenção aos outros sentidos, afinal o sexto sentido é uma dádiva, é um acrescento dos deuses, se o sexto sentido lhes indica um caminho, é quase obsceno não o validarem com a ajuda dos outros sentidos, os básicos, aqueles que até um homem tem, caramba, são mais cinco, o sexto é um plus, é verdade que o Messi é melhor que os outros, tem o tal plus, jogasse o Messi futebol feminino e haviam de lhe chamar o sexto sentido, embora não lhe servisse de nada, no futebol feminino todas teriam o sexto sentido, mas o que distingue o Messi não é saber dar nós cegos na defesa nem é rematar de qualquer ângulo ou de qualquer distância, nem sequer é saber estar no sítio certo, a bola chega-lhe sempre direitinha, o que distingue o Messi é saber calcular, ao mesmo tempo, a distância a que está o guarda-redes, a altura da relva, a velocidade dos ventos dominantes no local de onde remata e os ventos cruzados vinte metros à frente, onde a bola há-de entrar na baliza, calcular a velocidade e a distância do defesa esquerdo mais próximo, cruzar esses dados com a informação das eventuais lesões recentes que retirem velocidade de ponta ao defesa central que se aproxima e, finalmente, decidir pela coisa certa, que poderá ser picar a bola por cima, rematar em trivela ou fintar mais dois ou três adversários antes de passar a bola ao Henry. Chama-se sexto sentido, é usar com parcimónia ou então a evolução das espécies se encarregará de o retirar das gerações vindouras, já que não lhes serve para nada, é uma espécie de apêndice, podendo ainda dar-se o caso, nunca se sabe do que é capaz o todo-poderoso, de, por castigo divino, lhes retirar outro dos sentidos, fosse eu o criador e tirava-lhes a audição, que, vendo bem, também de pouco lhes serve. Ide em paz.

21.11.09

E também não gosto quando ouço dizer de mim que "sou simpático"

O pior que podem dizer de mim é que sou "um tipo impecável", caramba, isso inclui-me no grupo do tipos como o César Peixoto na fase pré Diana Chaves e pré Isabel Figueira, no grupo dos tipos que trabalham na Caixa Geral de Depósitos que explicam a diferença entre a Euribor a 3 e a 6 meses às velhinhas que só querem actualizar a caderneta mas que, já agora perguntam sobre isso da Euribor porque a vizinha de rés-do-chão esquerdo foi numa excursão à Marinha Grande e não pode conversar hoje, isso inclui-me no grupo dos tipos que param na segunda circular para ajudar a boazuda a mudar o pneu furado e depois, punhos da camisa branca sujos de pneu, saem de cena porque já estão atrasados para uma reunião e nem sequer aceitam o número de telemóvel rabiscado num papel que a boazona lhes tenta enfiar no bolso do casaco, estavam ali só para ajudar, isso inclui-me no grupo dos tipos que colocam poemas nos blogs, um poema para cada estado de espírito, Cesariny se o Henry Hub subiu mais de um dólar, Sá Carneiro se o Benfica perdeu, os tipos impecáveis são todos do Benfica, Al Berto se lhes apeteceu durante o dia experimentar algo de novo com o Simões das fotocópias, isso inclui-me no grupo dos amigos e conhecidos do André Villas-Boas, isso inclui-me no grupo dos tipos que apreciam Cutty Sark de cinco anos com duas pedras de gelo, servido em copo de boca fechada.

20.11.09

19.11.09

Ósculo

Estou capaz adoptar uma palavra em vias de extinção.

Adopte você também a sua.

18.11.09

FYI: Hoje o Brent fechou a 78,79 USD/bbl.

Há um sítio fantástico, que me recorda que faz hoje um ano que escrevi isto:

"Um dia, algures no Verão, estava o Brent a negociar a mais de cento e quarenta e cinco dólares por barril, e eu a apostar num Brent a duzentos dólares por barril no fim do ano. Um amigo meu, também Visconde, assegurava-me que o ficava mesmo bem na minha vida era ter um blog. Eu, que não sou de modernices, ri-me e disse-lhe que havia de ter um blog no dia em que o Brent valesse menos de cinquenta dólares por barril. "Mais valia dizer que não está a pensar ter um blog" riu também o meu amigo, Visconde como eu, erguendo a sua taça de Piper-Heidsieck e não pensando mais no assunto.

Hoje o Brent fechou a quarenta e nove dólares e dezoito cêntimos... "

Às vezes apetece-me dinamitar isto de uma vez por todas. Outras não.

16.11.09

E afinal não tem nada a ver...

Foto: Visconde de Vila do Conde

Até há uns dias, o meu conceito de "viajar de helicóptero" era aquele momento que acontecia algures entre o terceiro e o quarto gin tónico, se acontecesse levantar-me repentinamente.

15.11.09

Carvalhal? Carvalhal?!!!

Até ontem, o melhor que se arranjava era um tipo que nunca ganhou um jogo. Fez uns recados para o Mourinho, ia ver uns jogos, assentava num caderno que ele lá tinha o que os jogadores adversários eram capazes de fazer, coisas assim. Tinha melhor ar que o Paulo Bento, caramba, até eu, nos meus dias, tenho melhor ar que o Paulo Bento, mas a verdade é que até hoje nunca ganhou um jogo. Um tipo que se referia a si próprio na terceira pessoa do singular (e agora deram-me umas saudades do Jardel...), era isto o melhor que se arranjava.

E agora isto do Carvalhal. E, de repente, o tipo que nunca ganhou um jogo, parece-me que teria sido melhor escolha.

Escolhe tu o dia

Eu decido o resto.

13.11.09

E assim voltamos aos posts curtos

Se alguém hoje me pedisse para ouvir o que tenho no iPod, seria o fim de uma lendária imagem de bom gosto musical.

10.11.09

Hoje estou capaz de escrever um post longo, só para desenjoar

No curto espaço de menos de dez minutos, por uma estranha coincidência astral, por uma inenarrável conjuntura organizativo-espacial, a que não terá sido indiferente o meu posicionamento estratégico em geral e o gosto musical do taxista que fez o percurso Barajas-Plaza Mayor em particular, em menos de dez minutos, reparem bem na dimensão "tempo", tive contacto auditivo com o "This is it" do Michael Jackson e o "This is us " dos Backstreet Boys, o que, não desfazendo, é coisa para me abalar o dia, preferiria mil vezes discutir a problemática da situação do Cristiano
Ronaldo ser ou não convocado para jogar, incluindo-se aqui o efeito "Pepe, o Bruxo", e reparem como escrevo "Bruxo" e não "bruxo", com estas coisas convém sempre ter cuidado, eu não quero prejudicar a fulgurante ponta final de campeonato que levará o Sporting ao título de campeão este ano só por ter desdenhado das potencialidades de Pepe, o Bruxo, aliás Don Pepe, El Gran Brujo, mas dizia eu que preferia falar da problemática Cristiano Ronaldo em vez de escutar estas duas pérolas, ainda para mais em apenas dez minutos, toda a gente sabe que dez minutos não são suficientes para recuperar, isto nos homens, lá está, porque as mulheres diz que recuperam mais depressa, isto é a voz do povo que diz, não sou eu, mas acontece que, entrando eu no dito táxi a meio de uma extremamente importante conversa ao telemóvel, cuidou o taxista que o melhor seria atacar a Cadena Ser, só para eu ficar ciente de que ali, naquele táxi, naquele Skoda Octavia, quem mandava era ele, o taxista, como se eu me importasse, o meu conceito de felicidade cada vez mais passa por não mandar, o que me apetecia mesmo era transformar-me em homem-objecto, mas isso agora interessa pouco, o que é relevante é que me deu vontade de ouvir o "This is not a love song", isso mesmo, desses que, assim a saúde mo permita e a minha secretária não me arranje outro sítio para estar, estarão defronte de mim no dia 4 de Dezembro, ali por alturas da Aula Magna.

8.11.09

Tio Lancastre

Um dia convenci-me que havia de impressionar o Tio Lancastre. No casino apostei no quatro vermelho e saiu o quatro vermelho, depois joguei na bolsa no dia antes do Dow Jones atingir máximos, finalmente, com uma mão com um straight que começava num dois de paus, ganhei uma pequena fortuna.

O Tio Lancastre assistia imperturbável, enquanto fumava tranquilamente o seu Partagas Quando me preparava para voltar à roleta e apostar de novo no quatro vermelho, puxou-me de lado e sussurou-me ao ouvido:

"Meu rapaz, se deseja verdadeiramente impressionar-me talvez seja melhor tentar algo verdadeiramente excêntrico. Sugiro que tente perceber as mulheres".

Afastei-me da mesa de jogo, troquei as fichas e voltei para casa sozinho. Conheço as minhas limitações.

6.11.09

Um dia, quando menos esperar...

Se as contas não me falham, e normalmente não falham, cumpriu-se hoje a minha aterragem número cinquenta em Lisboa, este ano.

Mais uma vez, não havia nas chegadas ninguém com um cartaz a dizer "Mister Visconde From Vila do Conde".

Parecendo que não, é desagradável.

Eu achei ternurento...

O animal que seguia na coxia apalpou discretamente o rabo da assistente de bordo e, quando ela o encarou, ele sorriu.

A assistente de bordo entornou meio litro de café na camisa imaculada do animal que seguia na coxia, enquanto o servia. E também sorriu.

5.11.09

Eu ainda sou do tempo...

Ventspils em Alvalade

Temos então Jimmy Choo nas lojas H&M.
Resta-nos o quê?
Maserati vendido nos concessionários Kia?
Barca Velha disponível no Lidl?
Ou gasolina Galp à venda nas estações de serviço do Continente?

2.11.09

Conhecem?

Aquela sensação de desafiar as paramétricas dos últimos dois anos de cotações de Brent e Arabian Light, o Brent sempre a cotar acima do Arabian Light, nós a apostarmos que este ano havia de ser ao contrário, que se fodam as paramétricas, e acontecer mesmo o Brent passar todo o ano a cotar abaixo do Arabian Light mais de três dólares?

Não conhecem a sensação? Pois...

1.11.09

Serviço público, vai haver muito quem cite John Peel

John Peel foi um dos mais ecléticos divulgadores de música e, através das suas "Peel Sessions", na Radio One da BBC, lançou centenas de nomes desconhecidos para o grande público que se transformaram em bandas respeitadas, aliás, Peel foi o primeiro a passar "demos" de bandas no seu programa de rádio.

Há alguma informação interessante aqui.

John Peel morreu em 2004, de problemas cardíacos, enquanto viajava pelo Peru.

Que descanse em paz, meu caro.

Hora do Lobo, Lança Chamas e, principalmente, o Som da Frente, ditos com aquela aquela voz de autor, escorreita e sabedora ficarão para sempre na minha memória.

Manual de descodificação da intrincado código comunicacional dos indivíduos do género feminino (I)

Lição 1 - Como responder a um SMS com os dizeres "Gostava de estar nos teus braços neste momento"

Possibilidade A - Parar tudo o que se está a fazer e ir directo para casa dela

Comentário - Errado. Ela não está em casa, é dia de ir almoçar com aquela amiga das segundas-feiras, somos uns desmiolados, nunca nos lembramos que às segundas-feiras é dia de almoçar com a amiga das segundas-feiras.


Possibilidade B - Ligar imediatamente, um SMS destes é para ser respondido, caramba, ela gostava de estar nos nossos braços, o mínimo é ligar-lhe para lhe dizer que sim, também nós queríamos estar nos braços dela.

Comentário - Errado. Ela desligará, está numa reunião importante. Mais tarde reclamará, que nós sabíamos que ela não podia atender, áquela hora nunca pode atender, somos uns desmiolados.

Possibilidade C - Responder, também por SMS, "Sim, seria fantástico, a lareira estaria acesa, beberíamos um bom vinho tinto, ...".

Comentário - Errado. Receberemos um SMS de resposta a dizer que só pensamos em sexo, sempre a mesma coisa, não aprendemos nada, continuamos os mesmos imbecis de sempre.

Possibilidade D - Enviar mensagem automatica por SMS "Que ideia deliciosa, meu amor", enquanto se bebe mais um gole de Super Bock, não tirando os olhos da Sport TV.

Comentário - Certo. Ela lerá a mensagem, sorrirá, coração aconchegado, dará um suspiro profundo enquanto pensa "Ele é tão doce...".